A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira, 28, um reajuste médio de 8,27% nas tarifas da Eletrobras Distribuição Rondônia, antiga Ceron.

Para consumidores conectados à alta tensão, o aumento será de 6,59%, e para a baixa tensão, de 8,84%.

As novas tarifas vigoram a partir de quinta-feira, 30 de novembro. A Ceron atende a 631 mil unidades consumidoras em Rondônia.

A Ceron é uma das distribuidoras do grupo Eletrobras e deve ser privatizada até o primeiro trimestre de 2018.

Segundo a Aneel, ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, é considerada a variação de custos associados à prestação do serviço. O cálculo leva em conta a aquisição e a transmissão de energia elétrica, bem como os encargos setoriais. Os custos típicos da atividade de distribuição, por sua vez, são atualizados com base no IGP-M.

Fonte: Rul