Polícia descarta ligação de veículos oficiais incendiados em RO com onda de violência no Ceará

A Polícia Civil de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari, descartou uma possível conexão dos ataques aos veículos da prefeitura e um ônibus escolar com a onda de violência no Ceará, que chegou ao 6° dia nesta segunda-feira (7).

Na madrugada do último domingo (6), dois carros oficiais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) e um ônibus escolar que faz o transporte de alunos para o Instituto Federal de Rondônia (Ifro) foram incendiados.

Após os ataques, as equipes da Polícia Civil do município iniciaram com os trabalhos de investigação e utilizaram imagens de câmeras de segurança para tentar identificar os autores do crime.

De acordo com o delegado regional, Rodrigo Duarte, comentou-se inicialmente que o caso ocorrido em Ariquemes teria relação com os ataques que estão acontecendo no Ceará, mas ele descartou qualquer relação.

“Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Os ataques aqui aconteceram em outro sentido e já estamos com um avanço significativo para que possamos fazer essa afirmação”, revelou.

Ainda segundo o delegado, a Polícia Civil trabalha no caso com o auxílio da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) e Ministério Público de Rondônia (MP-RO) e que as investigações estão bem avançadas.

“A autoria de, pelo menos, alguns dos integrantes já está bem definida e a probabilidade é que a gente ingresse com algumas medidas muito em breve. Estamos verificando a conexão entre os dois ataques que aconteceram aqui, mas não podemos mencionar no momento”

Ônibus escolar estava em garagem na Avenida Jaru — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Ônibus escolar estava em garagem na Avenida Jaru — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

O caso

Segundo a Polícia Militar (PM), os suspeitos invadiram as garagens da sede da Sema e dos ônibus escolares e atearam fogo rapidamente nos veículos. Ninguém foi preso e ainda não se sabe a motivação.

Na Sema, um vigia de plantão viu os veículos em chamas e acionou a polícia. O Corpo de Bombeiros foi acionado, realizou o combate das chamas e impediu que se espalhasse para os demais automóveis.

Na outra garagem, localizada ao lado de um posto de combustível, na Avenida Jaru, onde os policiais usaram extintores do posto de combustível para controlar o fogo.

G1 RO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: