Alunos de Alvorada do Oeste vivenciam a história da Capital com aulas interativas

Estudantes da rede estadual do município de Alvorada do Oeste participaram de uma aula interativa e contextualizada na capital rondoniense, a iniciativa faz parte do projeto “Porto Velho – Conhecendo nossa História” da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Santa Ana (Alvorada), coordenado pela professora de geografia geral e de Rondônia, Fabrícia Martins Silva.

Com o objetivo de conhecer e valorizar a história rondoniense, bem como vivenciar as transformações socioambientais, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) incorporou a ação no projeto “Educação Patrimonial: A Escola Visita a História” , e os alunos foram acompanhados pelo professor João Herbety em visita aos monumentos históricos e culturais de nossa capital.

A atividade iniciou com a ginástica laboral feita pela professora de Educação Física Sirlei Faial e seguiu com uma caminhada ao centro histórico de Porto Velho com explicação de cada patrimônio ao longo do caminho.“Porto Velho se situa numa região antiga de colonização, ao longo da história passou por diversos acontecimentos históricos/geográficos que marcaram nosso Estado como Tratados de Limites, localização da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, centro político administrativo desde a criação dos territórios federais em 1943. Portanto torna-se imprescindível um estudo de campo para ser associado às aulas teóricas”, observou a professora Fabrícia Silva.

Alunos conhecerem de perto a história de Porto Velho

A secretária da Seduc, professora Maria Angélica Silva Ayres Henrique, ressaltou a importância de atividades como esta para o processo de aprendizagem dos alunos. “Essa é uma oportunidade de conhecer in locoa nossa história. Observar de perto nosso patrimônio proporciona uma experiencia totalmente diferente de quando os alunos conhecem apenas através dos livros”.

A atividade foi encerrada no final da tarde em uma aula-barco com História de Porto Velho , no rio Madeira, contada pelo professor João Herbety e músicas regionais, paródias de biologia e MPB tocadas e cantadas pelo professor de biologia Sílvio Santos.

O projeto contou com o apoio dos professores e equipe gestora da Escola Santa Ana: Vera Lúcia Zastrow (história); Judite Queiroz da Rocha (história de Rondônia); Bruno Moura Silva (biologia); Geisiane Kelly Gonçalves de Oliveira (química); Darsiza Maria Vieira da Silva (orientadora), Irene Moreira Alcântara (supervisora); Ivani dos Passos Martins (vice-diretora).

Leia mais:

 Profissionais da Educação, Saúde e Assistência Social debatem o combate ao uso indevido de álcool e outras drogas, em Porto Velho

 Projeto Gênesis avança com cadastramento de servidores da Educação em Cacoal

 

Fonte
Texto: Aurimar Lima
Fotos: João Herbety
Secom – Governo de Rondônia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: